AF_Logotipo_Fundacao_1bi-07.png
194757115_102611738712402_7646427013520298098_n.jpg
Deixe o mundo um pouco melhor do
que o encontrou

Mariana Rossini (Estágio - Desenvolvimento de Logística - iFood) foram voluntários da 7ª edição do Potencialize, programa de voluntariado do Grupo Movile que presta consultorias gratuitas em tecnologia e gestão para ONGs de todo o país. Abaixo eles contam como foi a experiência de serem voluntários por 1 mês do Instituto Reverbera.

Quando tinha 11 anos, entrei no Movimento Escoteiro. Entre milhares de aprendizados, um em específico me marcou: “Deixe o mundo um pouco melhor do que o encontrou”. Naquela idade, só conseguia pensar em como fazer isso, o mundo é enorme, cheio de problemas, então eu precisava ser uma super-heroína – essa foi a solução encontrada, simples e fácil! Os anos se passaram, e ao longo deles, pude perceber que podemos todos os dias mudar o mundo de alguém, deixá-lo melhor.

Sempre acreditei no poder da tecnologia como ferramenta de transformação, e foi com esse meu desejo de impactar vidas que entrei como voluntária no Potencialize. Logo no início, recebemos o perfil do Instituto Reverbera que iríamos trabalhar. O desafio direcionado para o meu grupo foi em como desenvolver a Gestão Estratégica do Instituto Reverbera, que faz um belíssimo trabalho com foco em equidade racial, direcionadas para Mulheres Negras nas comunidades de Florianópolis.

Nos primeiros dias do projeto, conhecemos a Rosangela, responsável pelo Instituto. Trabalhar com ela foi incrível, estava extremamente aberta a sugestões, e novas ideias. Conforme fomos conversando e entendendo mais do dia a dia deles, percebemos dores na parte de gestão. Com essas questões mapeadas junto com a Rô, tivemos discussões sobre estratégia, propósito, metas (curto, médio e longo prazo), construção de equipe, liderança, comunicação, pontos que já foram sendo colocados em prática e nos trazido feedbacks, para que a gente conseguisse o melhor modelo que funcionasse para a dinâmica de trabalho deles. Criamos pastas e planilhas de fácil manuseio para controle das atividades, orientamos sobre bons costumes ao usar o Trello, entre vários outros papos super enriquecedores, acredito que para ambas as partes.

Após algumas semanas de projeto, ao término percebi que entrei no Potencialize para mudar a vida de outras pessoas, auxiliando-os com ferramentas de Gestão e Tecnologia. Porém, saí de lá sentindo que aprendi muito mais. Tive a oportunidade de trabalhar com uma equipe incrível, que me ensinou muito, enquanto pensávamos nas melhores soluções, e com o próprio time do Reverbera, que meu deu uma aula sobre cidadania e cuidado.