top of page

Como a IA possibilitou o desenvolvimento de 8 mil conteúdos educacionais em apenas 3 meses

Atualizado: 19 de jul. de 2023


Por: Débora Nunes - Gerente de Produtos.


O AprendiZAP Professores foi criado como uma plataforma para auxiliar os educadores no planejamento de aulas, fornecendo conteúdos e ferramentas para facilitar esse processo. Com mais de 2 mil aulas já disponíveis, abrangendo do 6º ano ao ensino médio e todas alinhadas com a BNCC, o AprendiZAP conquistou uma ótima satisfação com os professores. No entanto, uma queixa frequente era a busca por mais conteúdo e atividades com metodologias inovadoras para enriquecer as aulas.


Etapa 1: projeto piloto


Para atender a essa demanda, decidimos testar se os professores se interessariam por atividades com metodologias ativas de ensino. Foi estruturada uma equipe composta por uma designer e professoras de língua portuguesa, que estudaram metodologias ativas e definiram 12 modelos de atividades para as aulas do AprendiZAP. A partir disso, foram desenvolvidas 80 atividades específicas para aulas de língua portuguesa. Em fevereiro de 2023, esses conteúdos foram disponibilizados aos usuários e validamos a aprovação dos professores por esse tipo de material.



Etapa 2: o desafio da escala


A produção de atividades com metodologias ativas para todas as aulas do Ensino Fundamental II demandaria recursos e tempo significativos. Foi estimado que seriam necessários 52 produtores de conteúdo e cerca de 1 ano e meio, o que tornava o projeto inviável com os recursos disponíveis. Foi então que surgiu a ideia de utilizar a IA generativa, por meio do ChatGPT, para criar as atividades, combinando o conhecimento humano na revisão desses materiais. Com uma equipe de 30 professores revisores e 3 meses de projeto, conseguimos viabilizar essa implementação.



Etapa 3: geração e revisão dos conteúdos


Partindo do conhecimento adquirido no projeto piloto, a equipe de tecnologia desenvolveu os prompts de criação de atividades via ChatGPT. Com base nas 12 metodologias já estruturadas (como aprendizagem por pares, debate crítico, sala de aula invertida, gamificação, etc), a IA selecionou 6 metodologias por aula e criou 6 atividades para cada uma. Todos os conteúdos gerados foram então submetidos à revisão de professores especialistas em cada disciplina, com o objetivo de garantir a qualidade.



Etapa 4: design e implementação


A equipe de design propôs como incorporar as novas atividades à página de aula, que originalmente possuía apenas dois exercícios. Com base nessa proposta, o time de tecnologia desenvolveu telas que apresentam de forma simples os novos conteúdos aos usuários. Para isso, os materiais revisados passaram por um processo de padronização de formato antes de serem enviados ao banco de conteúdos.



Ao término do projeto conseguimos disponibilizar 8.568 materiais educacionais, distribuídos em 1.428 aulas do Ensino Fundamental II, o que só foi possível graças ao uso da IA. Acredito firmemente que o professor continuará sendo o centro do processo de ensino-aprendizagem, mas as novas tecnologias podem auxiliá-lo na elaboração de experiências de aprendizagem mais inovadoras e no aproveitamento de seu tempo de forma mais eficiente. Espera-se que o AprendiZAP seja uma ferramenta valiosa para os educadores na criação de aulas incríveis, impactando positivamente a aprendizagem de seus estudantes.



Imagens 3 e 4: antiga página de aulas do AprendiZAP com 2 atividades e nova página de aulas com 8 atividades






Commentaires


Conteúdo Fundação 1Bi

bottom of page